Reflexão: 1° Domingo da Quaresma


Encontramos no Evangelho de hoje (Marcos 1,12-15), que Jesus foi levado pelo Espírito para o deserto, onde foi tentado por satanás. Hoje na oração do Ângelus, o papa diz que podem existir diversos significados para o deserto, entre eles: “pode indicar o estado de abandono e de solidão, o “lugar” da fraqueza do homem onde não há apoios e seguranças, onde a tentação se faz mais forte. Mas isso pode indicar também um lugar de refugio e abrigo, como foi para o povo de Israel escapar da escravidão egípcia, onde se pode experimentar, de modo particular, a presença de Deus”.
Ele ainda completa: “O que pode nos ensinar este episódio? Como lemos no livro Imitação de Cristo, “o homem nunca é totalmente livre da tentação, até o fim da vida... Mas com paciência e verdadeira humildade, se tornará mais forte do que qualquer inimigo” (Liber I, c. XIII Cidade do Vaticano 1982, 37); a paciência e a humildade de seguir todos os dias o Senhor, aprendendo a construir a nossa vida não sem Ele ou como se Ele não existisse, mas Nele e com Ele, porque é a fonte da verdadeira vida”. (Bento XVI – Oração do Ângelus – 26/02/12).
Duas palavras me chamam atenção no Evangelho: penitência e fé. Jesus nos pede que diante da chegada do Reino de Deus é preciso que nos convertamos e que creiamos no Evangelho. Estou levando isso a sério ou deixando para outro dia? Deparamo-nos todo ano com esse mesmo texto e o que mudou em nós? O que estamos fazendo para que nesse tempo de graça haja verdadeiramente uma mudança de mentalidade e de coração? Essas são algumas perguntas que trago para que esse tempo não seja desperdiçado, e que a exemplo de São Francisco de Assis, possamos vive-lo intensamente.

Fraternalmente,

José Douglas Soares C. de Souza
Sub. Nac. de Ação Evangelizadora da JUFRA do Brasil
Reflexão: 1° Domingo da Quaresma Reflexão: 1° Domingo da Quaresma Reviewed by Juventude Franciscana Florianópolis on 28.2.12 Rating: 5

Nenhum comentário:

Deixe aqui o seu comentário! A Juventude Franciscana alegre-se em receber sua mensagem! Gratidão! Paz e Bem.

Jéssica Pires