4° dia da novena de Santa Clara


NA IRMANDADE DE SÃO DAMIÃO SE RESPIRAVA ALEGRIA
Palavra do dia: ALEGRIA Símbolo: FLORES COLORIDAS
Canto (à escolha)

TEXTO BASE – “Em Clara de Assis, a proposta de unidade brota da consciência da filiação divina, do seguimento de Jesus Cristo e da comunhão no mesmo projeto de vida, que se traduz, principalmente, na vivencia da irmandade. No Testamento, Clara diz que o autor de sua vocação é Deus, o Pai de toda a misericórdia. Ele iluminou seu coração para uma vida nova e também lhe deu irmãs na mesma vocação. Tudo isso é dom gratuito que deve ser restituído multiplicado, é luz que deve irradiar para os de perto e os de longe” (Texto-base da FFB, p. 16).
ORAÇÃO INICIAL (Própria do Ano Clariano)
C - A alegria é o perfume da vida. E, se hoje falta alegria no mundo, é porque falta Deus no coração das pessoas. Vemos gritaria, baderna, euforia. A alegria verdadeira brota de um coração que vive na paz. Os que vivem como irmãos, na irmandade de verdade, são pessoas alegres. Santa Clara viveu intensamente essa alegria que brota do coração repleto de Deus. “Sororidade” = irmãs vivendo com irmãs. Aproximar-se de Clara é deparar-se com uma mulher profundamente amadurecida, em medida certamente incomum. E isso aparece em sua contínua alegria, serena, mesmo em meio dos maiores sofrimentos e na convivência com suas irmãs . Em sua 3ª Carta Santa Inês de Praga, ela escreve:
TODOS – “Eu me alegro de verdade e ninguém vai roubar-me esta alegria, porque já alcancei o que desejava abaixo do céu. Quem vai me dizer, então, para não exultar com tantas alegrias? Por isso exulte sempre no Senhor também você, querida. Não se deixe envolver pela amargura e o desânimo, senhora amada em Cristo”.
VOZ 1 - Clara deixava sua alegria transbordar em palavras nas cartas que escrevia. Neste texto, mostra sua felicidade diante das virtudes da irmã Inês de Praga, que complementam o que falta nela, Clara.
Todos – “Tenho a maior alegria e transbordo com a maior exultação no Senhor, ao saber que está cheia de vigor, em boa situação e obtendo êxitos no caminho iniciado para obter o galardão celeste. Ouvi dizer e estou convencida de que você completa maravilhosamente o que falta em mim e nas outras Irmãs para seguir os passos de Jesus Cristo, pobre e humilde”.
C - Introduzindo o texto bíblico trazemos palavras de São Francisco sobre a alegria e as santas palavras: ”Bem aventurado o religioso que não sente prazer nem alegria senão nas santas palavras e obras do Senhor e, por elas, conduz os homens em júbilo e alegria ao amor de Deus. Ai do religioso que se deleita em palavras ociosas e fúteis e com estas leva os homens ao riso” (Admoestação de São Francisco, XX).
Texto Bíblico (Mateus 5, 11-12)
LEITOR – “Bem aventurados sereis quando vos caluniarem, quando vos perseguirem e disserem falsamente todo o mal contra vós por causa de mim. Alegrai-vos e exultai porque será grande a vossa recompensa nos céus, pois assim perseguiram os profetas que vieram antes de vós”. Palavra da salvação. T- Glória a vós, Senhor.
REFLEXÃO - Utilizando o símbolo do dia: Como fazer as pessoas mais felizes? Surpreenda-as. Esse belo arranjo de flores será partilhado. Cada um dos presentes levará uma flor destas com o compromisso de dá-la a alguém, conhecido ou desconhecido, acompanhado de um sorriso. A alegria da vida está no conjunto de pequenos gestos de amor, de carinho, de atenção. O mundo carece de atenção, e a atenção promove a unidade.
Canto
Oração final - “Exulte sempre no Senhor, também você, querida. Não se deixe envolver pela amargura e o desânimo, senhora amada em Cristo. A estas palavras de Santa Clara digamos: Amém.”
Benção de Santa Clara - O Senhor todo poderoso vos abençoe; volte para vós os seus olhos misericordiosos e vos dê a sua paz. O Senhor derrame sobre vós as graças em abundância, e, no céu, vos coloque entre seus santos. Todos – Amém.
***
Texto seleto
DA VERDADEIRA E PERFEITA ALEGRIA (Opúsculo ditado por São Francisco)
Certa vez, o bem-aventurado Francisco, perto de Santa Maria dos Anjos, chamou Frei Leão e lhe disse:
- Frei Leão, escreve.
Este respondeu:
- Estou pronto.
- Escreve, disse ele, o que é a verdadeira alegria. Vem um mensageiro e diz que os mestres de Paris entraram na Ordem; escreve que não está aí a verdadeira alegria. E igualmente que entraram na Ordem todos os prelados de Além-Alpes, arcebispos e bispos, o próprio rei da França e da Inglaterra; escreve: não está aí a verdadeira alegria. E se receberes a notícia de que todos os meus irmãos foram pregar aos infiéis e converteram a todos para a fé, ou que recebi tanta graça de Deus que curo os enfermos e faço muitos milagres; digo-te que, em tudo isso, não está a verdadeira alegria.
- Mas o que é a verdadeira alegria?
- Eis que volto de Perusa no meio da noite, chego aqui num inverno de muita lama e tão frio que, na extremidade da túnica, formaram-se caramelos de gelo que me batem continuamente nas pernas, fazendo sangrar as feridas. E todo envolvido em lama, no frio, no gelo, chego à porta, e depois de bater e chamar por muito tempo, vem um irmão e pergunta: Quem é? E eu respondo: Frei Francisco. E ele diz: Vai-te embora. Não é hora própria de chegar, não entrarás. E, ao insistir, ele responde: Vai-te daqui. És um homem ignorante e idiota. Agora não poderás entrar. Somos tantos e tais que não precisamos mais de ti. E fico diante da porta e digo: Por amor de Deus, acolhei-me por esta noite. E ele responde: Não o farei. Vai aos crucíferos e pede lá.
- Pois bem, se eu tiver tido paciência e permanecer imperturbável, digo-te; aí está a verdadeira alegria, a verdadeira virtude, a salvação da alma.
Opúsculos ditados de São Francisco

Trocar ideias sobre esse texto ditado por Francisco.
Como se apresenta a alegria de Clara?
4° dia da novena de Santa Clara 4° dia da novena de Santa Clara Reviewed by Juventude Franciscana Florianópolis on 6.8.12 Rating: 5

Nenhum comentário:

Deixe aqui o seu comentário! A Juventude Franciscana alegre-se em receber sua mensagem! Gratidão! Paz e Bem.

Jéssica Pires