22º Grito dos Excluídos/as


RODAS DE CONVERSA
Vida em Primeiro Lugar
ESTE SISTEMA É INSUPORTÁVEL, EXCLUI, DEGRADA, MATA!
22º Grito dos Excluídos/as

FAZER RODAS: UMA EXPERIÊNCIA HUMANA

Nas comunidades, na universidade, no colégio e na hora da pesquisa, na reunião com os movimentos sociais, na reunião em família e com os amigos/as fazemos rodas. Temos muitos modos de expressar, o modo de fazer rodas ou de estar em rodas. Isso é profundamente humano. Nas rodas, as pessoas podem olhar umas para as outras, sorrir, cantar, esperar o tempo do outro no compasso da roda. Vamos, em roda, conversar sobre o Grito dos Excluídos/as. O tema é “Vida em Primeiro Lugar” e o lema: “Este sistema é insuportável, exclui, degrada, mata!”. Vamos conversar a partir dos eixos de debate do Grito desse ano , que são os seguintes: Unir os/as generosos/as; Desmentir a mídia; Direitos básicos; Participação política; Função do Estado; Quais as formas de violência; e a rua é o lugar. Vamos falar dos sonhos, dos desejos, das necessidades, de como é o lugar onde vivemos e o que falta para sermos felizes. Com as rodas de conversa vamos nos comprometer com coisas importantes para nós. Vamos escutar a voz das pessoas, vamos parar para entender como ela roda gira.

ESSA RODA É ESPECIAL

A proposta do Grito surgiu no Brasil no ano de 1994 e o 1º Grito dos Excluídos/as foi realizado em setembro de 1995, com o objetivo de aprofundar o tema da Campanha da Fraternidade do mesmo ano, que tinha como lema “Eras tu, Senhor”, e responder aos desafios levantados na 2ª Semana Social Brasileira, cujo tema era “Brasil, alternativas e protagonistas”. Em 1999 o Grito rompeu fronteiras e estendeu-se para as Américas. O Grito é uma manifestação popular carregada de simbolismo, é um espaço de animação e profecia, sempre aberto e plural de pessoas, grupos, entidades, igrejas e movimentos sociais comprometidos com as causas dos/as excluídos/as. É uma descoberta, já que agentes e lideranças apenas abrem um canal para que o rito sufocado venha a público. O Grito brota do chão e encontra em seus organizadores suficiente sensibilidade para dar-lhes forma e visibilidade. 
O Grito dos/as Excluídos/as, espaço fundamental de convergência da luta por direitos que tem como tradicional auge de mobilizações o dia 7 de setembro, será animado em 2016 por 7 Rodas de Conversa.
Temas:
Roda de Conversa 1 UNIR GENEROSOS E GENEROSAS
Roda de Conversa 2 DESMENTIR A MÍDIA
Roda de Conversa 3 DIREITOS BÁSICOS
Roda de Conversa 4 OS VÁRIOS TIPOS DE VIOLÊNCIA
Roda de Conversa 5 FUNÇÃO DO ESTADO
Roda de Conversa 6 PARTICIPAÇÃO POLÍTICA
Roda de Conversa 7 A RUA É O LUGAR
22º Grito dos Excluídos/as 22º Grito dos Excluídos/as Reviewed by Juventude Franciscana Florianópolis on 23.7.16 Rating: 5

Nenhum comentário:

Deixe aqui o seu comentário! A Juventude Franciscana alegre-se em receber sua mensagem! Gratidão! Paz e Bem.

Jéssica Pires