Quais valores queremos transmitir com a revolução digital


Igreja Católica e gigantes da comunicação encontram-se para discutir a sociabilidade virtual


O legado da revolução digital para as próximas gerações é um tema que interessa não só aos comunicadores e usuários da internet, mas também à Igreja Católica.

Por isso, representantes de empresas como o Google e de gigantes da mídia e da publicidade se encontrarão no Vaticano para discutir o assunto.

Entre os que aderiram à iniciativa estão Eric Schmidt, presidente da Alphabet (Estados Unidos); Sir Martin Sorrell, CEO da WPP, a maior multinacional do mundo da publicidade, assim como Maurice Lévy, presidente do grupo Publicis, outro gigante do setor. Também estará no Vaticano Jerry Buhlmann, CEO da Dentsu Aegis Network (Grã-Bretanha).

O evento, que é o primeiro espaço de diálogo privilegiado com a Igreja Católica sobre esses temas, terá a participação de monsenhor Dario Viganò, prefeito da Secretaria para a Comunicação da Santa Sé, e do bispo Enrico dal Covolo, reitor da Universidade Lateranense.

Entre os líderes do mundo da comunicação, encontram-se ainda David M. Zaslav, presidente da Discovery Communications (Estados Unidos); Kenneth W. Lowe, presidente da Scripps Networks Interactive (Estados Unidos) e Naguib Sawiris, presidente da Orascom Telecom (Egito).

O diálogo sobre os desafios éticos implicados pelas novas tecnologias constitui um dos temas centrais, motivo pelo qual participarão também do encontro o príncipe Nikolaus de Liechtenstein, presidente da Fundação para a Evangelização através dos Meios de Comunicação (FEM, Roma), e Carlo D’Asaro Biondo, presidente de Relações Estratégicas do Google (EMEA).

O encontro será encerrado por monsenhor Lucio Ruiz, secretário da Secretaria para a Comunicação da Santa Sé, que sintetizará as primeiras conclusões.

A iniciativa, que conta com o patrocínio da Secretaria para a Comunicação da Santa Sé, recentemente criada pelo Papa Francisco, da Universidade Lateranense e da associação La Tela Digital, será realizada no dia 4 de novembro na sede da Lateranense. O tema geral é “A transmissão dos valores na era digital”.

A Aleteia é parceira oficial do evento.

Os participantes discutirão, em particular, um apelo feito pelo Papa Francisco em sua encíclica Laudato Si, em que ele afirmava que, como nunca antes na história, o destino comum nos convoca a buscar um novo começo.

Por isso, os organizadores criaram a hashtag #anewbeginning (um novo começo) para poder sensibilizar as redes sociais sobre esta preocupação do Papa e dos participantes.

“Que o nosso seja um tempo que se recorde pelo despertar duma nova reverência face à vida, pela firme resolução de alcançar a sustentabilidade, pela intensificação da luta em prol da justiça e da paz e pela jubilosa celebração da vida”, dizia o Papa Francisco em referência aos valores que deveriam ser promovidos pela era digital.

Mais informação em www.core-values.org

Fonte: http://arquifln.org.br/noticias/quais-valores-queremos-transmitir-com-a-revolucao-digital/
Quais valores queremos transmitir com a revolução digital Quais valores queremos transmitir com a revolução digital Reviewed by Juventude Franciscana Florianópolis on 1.11.16 Rating: 5

Nenhum comentário:

Deixe aqui o seu comentário! A Juventude Franciscana alegre-se em receber sua mensagem! Gratidão! Paz e Bem.

Jéssica Pires