Grito dos Excluídos: UNIR GENEROSOS E GENEROSAS


“Deus chama a gente pra um momento novo
de caminhar junto com o Seu povo.
É hora de transformar o que não dá mais
Sozinho, isolado, ninguém é capaz
Não é possível crer que tudo é fácil
Há muita força que produz a morte
gerando dor, tristeza e desolação.
É necessário unir o cordão.
Por isso vem entra na roda, REFLITA com a gente também,
você é muito importante
Vamos saber o que o Papa Francisco nos fala sobre “unir os generosos e as generosas:

“Que posso fazer eu, recolhedor de papelão, catador de lixo, limpador, reciclador, frente a tantos problemas, se mal ganho para comer? Que posso fazer eu, artesão, vendedor ambulante, carregador, trabalhador irregular, se não tenho sequer direitos laborais? Que posso fazer eu, camponesa, indígena, pescador que dificilmente consigo resistir à propagação das grandes corporações? Que posso fazer eu, a partir da minha comunidade, do meu barraco, da minha povoação, da minha favela, quando sou diariamente discriminado e marginalizado? Que pode fazer aquele estudante, aquele jovem, aquele militante, aquele missionário que atravessa as favelas e os paradeiros com o coração cheio de sonhos, mas quase sem nenhuma solução para os seus problemas? Podem fazer muito. Vós, os mais humildes, os explorados, os pobres e excluídos, podeis e fazeis muito. Atrevo-me a dizer que o futuro da humanidade está, em grande medida, nas vossas mãos, na vossa capacidade de vos organizar e promover alternativas criativas na busca diária dos três “T” – entendido? - (trabalho, teto, terra), e também na vossa participação como protagonistas nos grandes processos de mudança, mudanças nacionais, mudanças regionais e mudanças mundiais. Não se acanhem!” (Discurso no Encontro Mundial dos Movimento Populares, na Bolívia, 2015).


FÉ NA VIDA

Jesus também uniu generosos e generosas em sua volta para dialogar sobre a missão. Vamos ler o trecho bíblico que está em Mateus 4, 18-22 (Jesus convida os primeiros apóstolos – reúne generosos em sua volta).

OUTROS SABERES

Vamos refletir?

a) Qual a relação entre a fala do Papa Francisco e o texto Bíblico?
b) Quem podemos chamar para sonhar juntos?
c) Como podemos nos organizar?

“Um Canto Novo”

Eu quero ver,/ eu quero ver/ acontecer,/ Um sonho bom,/ sonho de muitos/
acontecer.

Nascendo da noite escura a manhã futura trazendo o amor/ No vento da madrugada a
paz tão sonhada brotando em flor/ Nos braços da estrela guia, a alegria chegando da
dor./ Na sombra verde e florida, criança em vida, brincando de irmãos/ No rosto da
juventude, sorriso e virtude, virando canção/ Alegre e feliz camponês entrando de vez na
posse do chão.
Um sorriso em cada rosto, uma flor em cada mão/ A certeza na estrada, o amor no
coração/ E uma semente nova escondida em cada palmo deste chão./ Sonho, que se
sonha só pode ser pura ilusão/ Sonho, que se sonha juntos, é sinal de solução/
Companheira, companheiro, vamos sonhar ligeiro, sonhar em mutirão.

TEXTO ADAPTADO DE http://caritas.org.br/wp-content/files_mf/1468605248RodadeConversaGrito_2016.pdf
Grito dos Excluídos: UNIR GENEROSOS E GENEROSAS Grito dos Excluídos: UNIR GENEROSOS E GENEROSAS Reviewed by Juventude Franciscana Florianópolis on 3.9.16 Rating: 5

Nenhum comentário:

Deixe aqui o seu comentário! A Juventude Franciscana alegre-se em receber sua mensagem! Gratidão! Paz e Bem.

Jéssica Pires